26.12.08

diários #11

23.dezembro.2008






Dedos enregelados rodam a chave, lá dentro há claridade, alguém saiu e deixou as estrelas acesas. O silêncio ecoa nos gestos, torna-os lentos. O corpo move-se em câmara lenta, deixa-se escorregar na semi-obscuridade da casa, respira o sossego que ficou esquecido.














Imagem de Palomanest

22 comentários:

Hugo Milhanas Machado disse...

Tremenda e abandonadamente.

*

comboio turbulento disse...

esta pomba dava um excelente presente de Natal que não me importava de ter recebido

Deméter disse...

O silêncio macio da alma das coisas.
Um Feliz Ano de 2009
Bj

Jaime A. disse...

O corpo foi deixando esvair-se
um calor só enregelado
pelas luz das estrelas.
A claridade trouxe a paz,
o sossego,
o corpo deslizou para fora,
sabe-se lá porquê...
Rangeu a chave,
esperou-se outro corpo,
menos apressado, talvez.
A contra-luz, a bailarina
sentou-se graciosa.
As estrelas aqueceram.
Nalguma lentidão dum "Quebra-Nozes"
escorregou, respirou pausas,
o seu corpo trouxe o calor
do teatro, do parceiro,
das palmas,
tantas, tantas,
que saltaria dali,
em pontas,
numa fuga soberba.
Agora,
o sorriso,
a macieza daquele ar,
esqueceu a bailarina,
a mulher,
olvidou-se de tudo,
de todo.
E do céu imaginado,
choveram estrelas cadentes...

Idun disse...

vinha aqui desejar que, no ano que em breve começa, se reacendessem todas as luzes da esperança.
mas depois deparei-me com o teu belíssimo texto, sustive a respiração e...fiquei sem palavras.

um abraço da Humana, marradinhas afectuosas da bicharada do "pequeno jardim".

antónio paiva disse...

...

os meus dedos trouxeram-me até aqui, e estão quentes, há claridade e, ainda bem que alguém deixou as estrelas acesas. no silêncio e em gestos quentes. há o eco da minha mente, que por te ler, esquece o corpo. respiro a clareza das tuas palavras, que me deixam tudo menos esquecido.

grato.

Votos de Excelente 2009!

Beijinho.

manzas disse...

"A cada dia de nossa vida, aprendemos com nossos erros ou nossas vitórias, o importante é saber que todos os dias vivemos algo novo. Que o novo ano que se inicia, possamos viver intensamente cada momento com muita paz e esperança, pois a vida é uma dádiva e cada instante é uma bênção de Deus".

" UM FELIZ ANO DE 2009 "

Jaime A. disse...

moriana,

posso desejar um 2009 ainda mais belo do que 2008?
A beleza, a arte não são afectadas por "cotações" ou "crises".

Beijos

comboio turbulento disse...

leva voando um 2009 tranquilo e onde apenas paire a fugaz agitação do pensamento

Francisco disse...

Votos de um Excelente Novo Ano!

moriana disse...

Sentido imensamente.
:)

moriana disse...

Aceita-a, então :)
(também adoro estas pombas, comboio turbulento)

moriana disse...

Tanta quietude nos momentos de silêncio, Deméter :)
obrigada, para ti também.

moriana disse...

e no teu poema só falta o soldadinhos de chumbo :)

(linda recriação de "casse-noisetes")

bj.

moriana disse...

Idun, obrigada pelas marradinhas e ainda bem que gostaste do texto.

Um abraço muito especial a Humana e festinhas para toda a bicharada :)

moriana disse...

antónio paiva, que 2009 não seja muito severo e os sonhos possam ainda espreitar.

abraço forte.

moriana disse...

Obrigada, Manzas. Pelos desejos e pela tua passagem neste petit coin.

que 2009 seja.
:)

moriana disse...

Amigo jaime a., claro que podes. O que houver para enfrentar não demoverá a nossa persistência em encontrar beleza no quotidiano.

um abraço!

moriana disse...

obrigada, comboio turbulento, mais uma vez. Veremos...

abraço.

moriana disse...

Igualmente para ti e para as tuas sereias, Francisco :)

um abraço, deste lado do oceano.

Parapeito disse...

...a pomba simboliza Paz...

Gostei de ler

*****

moriana disse...

só agora dei por ti, Parapeito, desculpa. Símbolo da paz, sim. Muito belas estas cerâmicas.

abraço.