17.2.09

despertar







uma manhã damos conta
do automatismo
que nos
cerca













Imagem de Rooze

6 comentários:

comboio turbulento disse...

e nesse momento é melhor achar piada a isso, em nome da nossa saúde mental) :)

clarinda disse...

olá!

o pior mesmo é quando não damos conta.

beijinhos

moriana disse...

- hold me!
- i can´t...

(Eduardo mãos de tesoura)

:)

moriana disse...

olá! :)

e não é que eu me esquecia de olhar em volta?
ora bem, ora bem, aqui estamos nós a despertar...

bjs.

acqua disse...

Uma descoberta que credito ao acaso, mas o prazer credito as suas palavras. Adorei encontrar Emily por aqui, ainda hoje postei o verso dela em meu blog. Adoro essa poeta, ela fala a minha alma com uma singularidade fantastica. Abraços meus

moriana disse...

Engraçado termos colocado o mesmo poema de E.D. :)

Obrigada pela visita, volta sempre.

abraço.