14.12.09

diários #23


Dis l’oiseau, emmène-moi sur ton dos,
rejoindre par-delà les collines
mon amie Valentine.

Elle vit au beau milieu de paysages « coloriés »,
dans un monde enchanté
où les maisons sont à croquer,
un p’tit coin de paradis
peuplé de p’tites souris.

La lumière y est douce,
le climat chaleureux, le ciel toujours bleu
et le vent murmure aux oreilles,
contes et merveilles…

Balthazar



Olhos não seguem estrelas brilhantes, é manhã num comboio cadente a trilhar o gelo exterior, Baltazar a encolher-se no saco, a pensar em Valentina que há dias foi ver o mar. Pássaro verde a galopar, a galopar, e a música a adormecer o tempo. Baltazar de pele desmaiada a levar a canção de embalar à Menina, a saber o caminho da casa que não é cabana, a saber dos pais, Sara que não é Maria e Rui que não é José, e a saber do berço branco que não é manjedoura nem tem palhas, a saber do berço a aguardar a Menina que se irá chamar Francisca. Baltazar a viajar para sul ao encontro do natal.

11 comentários:

aquilária disse...

eu desejo que a francisca, pela vida fora, aprenda a construir, dentro de si, um país de sorrisos e momemtos mágicos, no qual se possa abrigar, em dias de tempestade...

abraço especial,moriana

comboio turbulento disse...

Um Natal cheio da tranquilidade e do brilho das estrelas

Jaime A. disse...

Um 2010 feliz!
Beijos

Filipe Oliveira disse...

Feliz Ano Novo cheio de Paz, Saúde e Amor.

moriana disse...

espero que os pais de Francisca ajudem a construir esse mundo.

abraço especial, também.

moriana disse...

Foi muito tranquilo e as estrelas brilhavam sob as ruas desertas da vila.

moriana disse...

Igualmente, Jaime A.
Beijos.

moriana disse...

Filipe, meu amigo, retribuo os desejos.
bjs.

maria farrusca disse...

Desejos de um 2010 saudável, feliz e muito criativo!

moriana disse...

para ti, também, Mari Farrusca :)

日月神教-向左使 disse...

.................................................
.