6.12.08

a vida na ponta dos dedos











cada gesto de luminosa candura
é cuidadosamente
uma ameaça




















Imagem de Cecília Afonso Esteves

6 comentários:

sophiarui disse...

sabes bem que "todo o anjo é terrível"

abraço no coração

Jaime A. disse...

em curvilínea lassidão.
achega-se a ti.
Não há temor,
sorris ao seu riso,
dois, três alvos momentos,
abraças-te em pureza,
em quase inocência.
Tuas vestes alvas
levam-nas a brisa
de um mar que escorre
perto de ti.
Regressam ao riso,
à prisão do olhar.
Reflectes-te, já tarde,
na maldição
dum anjo, tornado negro,
por cintilarem teus olhos...

comboio turbulento disse...

lindíssima imagem. fiquei apaixonado por ela

moriana disse...

assim se escreve :)

outro.

moriana disse...

outro poema :)

moriana disse...

muito bela, sim .
:)