11.7.09

So You Want To Be A Writer



se não sai de ti a explodir
apesar de tudo,
não o faças.
a menos que saia sem perguntar do teu
coração da tua cabeça da tua boca
das tuas entranhas,
não o faças.
...
se tens que esperar para que saia de ti
a gritar,
então espera pacientemente.
se nunca sair de ti a gritar,
faz outra coisa.
...
a menos que saia da
tua alma como um míssil,
a menos que o estar parado
te leve à loucura ou
ao suicídio ou homicídio,
não o faças.
...
quando chegar mesmo a altura,
e se foste escolhido,
vai acontecer
por si só e continuará a acontecer
até que tu morras ou morra em ti.

não há outra alternativa.

e nunca houve.

Charles Bukowski
So You Want To Be A Writer, excertos do poema
(versão de manuel a. domingos)
roubado à bruaa

quando o asus avaria há que esperar pacientemente...

4 comentários:

Ciranda disse...

Ficaríamos paralizados, então? Ou seríamos melhores em muitas outras coisas.
saudades, bj.

Jaime A. disse...

A espera paciente... sempre, a menos que...
:)

moriana disse...

creio que compreendo Bukowski, há o momento em que tudo salta das mãos, de dentro de nós...

a imobilidade talvez seja essa espera.

abraço.

moriana disse...

pouco sei de informática :)

por enquanto resolvida a questão.